Fuck Yeah para quem estuda os memes

Há menos de um ano atrás, quando procurava incessantemente sobre Rage Comics no google acadêmicos e derivados, os resultados eram bem parcos. Que eu bem me lembre, acho que só existia UM trabalho no Brasil ( também tentei lá fora, mas os resultados foram tão ruins quanto) indexado aos buscadores que tratava especificamente sobre as Rage Comics.

Feito por Larissa Tamborindenguy Becko (UFRGS) e Diego Pereira da Maia (UFRGS), o trabalho retrata aquilo que é mais interessante nas Rage Comics. A representação das pessoas. Por se tratar de um artigo, eles infelizmente não puderam desenvolver muito o assunto ( fica a dica pra eles próprios continuarem ou outros desenvolverem), mas mesmo assim ele me ajudou bastante na minha monografia, na qual tentei analisar um assunto ainda mais específico dentro dessas Rage Comics. A representação dos relacionamentos amorosos. Mas isso é assunto pra outros zilhares de posts.

Mas ao que parece o estudo dos memes está se desenvolvendo na academia. Hoje mesmo encontrei o trabalho do Lúcio Luiz, que fez o seguinte trabalho:

Ainda não tive tempo de ler o trabalho, mas resta dizer pra os autores e pesquisadores acima e todos aqueles que estão ou pretendem estudar o assunto: Keep moving.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s